• IF

  • Activities

    navigation

Scire naturam: filosofia e ciências, da antiguidade ao início da modernidade

From: 2018-02-26 To:2018-02-27

Go back
  • Thematic Line


    Medieval & Early Modern Philosophy
  • Research Groups


    Aristotelica Portugalensia
    Reason, Politics & Society
  • (em construção)

    Colóquio internacional

    Scire naturam: filosofia e ciências, ​ da antiguidade ao início da modernidade

    Faculdade de Letras da Universidade do Porto
    26 e 27 de fevereiro de 2018 - Sala de reuniões

    Da Antiguidade ao início da Idade Moderna o desejo de conhecer a natureza desdobra-se em múltiplos programas de perguntas e respostas que contribuíram para a fixação e o desenvolvimento das ciências modernas. Dessa forma, em descobertas e crises sucessivas fixam-me os campos temáticos, os limites e relações entre scientiae como a metafísica e a física, a lógica e a teologia, a botânica e a medicina, a música e a zoologia, a meteorologia e a cosmologia, mas também as matemáticas e até mesmo a política ou a ética, para mencionar apenas algumas das mais importantes scientiae deste longo período da história do pensamento.

    Reunindo participante de diversa formação (ciências, Filosofia, Filologia), serão estudados diversos problemas suscitados pelo conhecimento da natureza. Os trabalhos a apresentar visam aprofundar o conhecimento de problemas particulares num dado momento ou autor, ou traçar a emergência e as transformações de inovações metodológicas, teóricas ou conceptuais.

    O colóquio é promovido por grupos e projetos de pesquisa da Universidade de Campinas e da Universidade do Porto: o Grupo de Estudos sobre a História da Filosofia da Natureza e o Grupo Metafísica e Política da Universidade de Campinas, o projeto Petrus Hispanus e a linha temática Medieval and Early Modern Philosophy do Instituto de Filosofia da Universidade do Porto.

    Programa

    TBA

     

    Comunicações

    Keynote speaker

    Pietro B. Rossi (Torino)

     

    Participantes

    Celia López Alcalde (U. Porto)

    Fátima Évora (UniCamp)

    Giorgio Gonçalves Ferreira (Universidade do Estado da Bahia), Ciência, cadeia dedutiva e experimento em Descartes​*

    João Rebalde (U. Porto)

    José Antônio Martins (U. Paraná), Aristotelismo político necessário *

    José Higuera Rubio (U. Porto)

    José Meirinhos (U. Porto)

    José Portugal Ramos (U. Feira de Santana)

    Luís Felipe Alves de Oliveira (UniCamp), Interpretações do monismo de Espinosa *

    Márcio Agusto Damin Custódio (UniCamp), Os acréscimos de Cavendish e More ao debate entre Elizabeth e Descartes  *

    Maria Clara Pereira e Silva (UniCamp), A causa sine qua non da cognição humana segundo Durandus de St. Pourçain

    Matheus Barreto Pazos de Oliveira (UniCamp), Metafísica como ciência comum em Tomás de Aquino: notas sobre In Post. An, I, lect. 41 *

    Paula Oliveira e Silva (U. Porto)

    Sueli Sampaio Damin Custódio (ITA), As ações voluntárias nas Cartas Filosóficas de Margaret Cavendish *

     

    * A confirmar

     


    Comissão organizadora: José Portugal Ramos — João Rebalde — Celia López Alcalde  — Ana Patrícia Ferreira

    Comissão Científica: Fátima Évora — José Meirinhos — Márcio Damin Custódio — Paula Oliveira e Silva

    Organização: Grupo de Estudos sobre a História da Filosofia da Natureza / UniCamp — Grupo Metafísica e Política / UniCamp — projeto Petrus Hispanus — TL M&EMPh / Instituto de Filosofia / UPorto

    Apoio: Fundação para a Ciência e a Tecnologia — Universidade do Porto — ...

    Go back

    Activities