• IF

  • Activities

    navigation

UMA INTRODUÇÃO AOS JOGOS DE SINALIZAÇÃO

From: 2018-04-16 To:2018-04-16

Go back
  • Thematic Line


    Modern & Contemporary Philosophy
  • Research Group


    Mind, Language & Action
  • SEMINÁRIOS MLAG
    EM HISTÓRIA DA FILOSOFIA CONTEMPORÂNEA

    6º SEMINÁRIO

    Uma introdução aos jogos de sinalização​

    José Pedro Correia (PhD Student - Universidade do Porto)

     

    16 de abril 2018  |  15h30 (segunda-feira)
    Sala de Reuniões 2

    Faculdade de Letras da Universidade do Porto

    Entrada Livre

     

    Resumo: Os jogos de sinalização foram criados por David Lewis (1969, Convention) como ferramentas formais para modelar problemas de coordenação envolvendo troca de sinais. Como tal, serviram de base a uma resposta a Quine (1936, Truth by Convention) e aos problemas que originam de uma conceção da linguagem como sistema convencional. Mais tarde, Brian Skyrms (1996, Evolution of the Social Contract) desenvolveu uma interpretação e análise destes modelos em termos da teoria de jogos evolucionária, permitindo uma perspectiva naturalista sobre a evolução do significado, que se estende a sistemas de comunicação entre organismos de diferentes graus de complexidade, desde seres humanos a bactérias. Nos últimos 30 anos, os jogos de sinalização têm sido utilizados no desenvolvimento de novas perspectivas sobre problemas filosóficos relacionados com a linguagem, tendo aplicações em tópicos como categorização, incomensurabilidade, vagueza, entre outros. Esta apresentação será uma introdução aos conceitos básicos necessários para compreender estes modelos seguindo o contexto histórico do seu desenvolvimento inicial e discutindo algumas das suas aplicações a problemas filosóficos.

     

    Imagem: Natalia Dumitresco, On me fait signe (1964)

     

    Programa Seminários MLAG em História da Filosofia Contemporânea 2017/2018: http://ifilosofia.up.pt/activities/seminarios-mlag-em-historia-da-filosofia-contemporanea

     

    Organização:
    Research Group Mind Language and Action Group (MLAG)
    Instituto de Filosofia da Universidade do Porto - FIL/00502
    Financiamento: FCT

    Go back