Senha:  Ok
http://193.137.34.200/proj/aristport/post_doc
© 2017 José Meirinhos
Página actualizada a 13-01-2016
Página impressa a 28-05-2017

Post doc

Investigações de pós doutoramento no ãmbito dos projetos Filosofia Escolástica Ibérica e RG Aristotelica Portugalensia

 

Projetos de pós doutoramento em curso

  1. Celia López Alcalde, The Early Latin Reception of Aristotle’s De anima. Critical Edition and Systematic Study of the Psychological Works Attributed to Petrus Hispanus [Bolsa FCT ref.ª: SFRH/BPD/95373/2013].
  2. José Higuera Rubio, The Reconstruction of the Tree of Knowledge: Historical Contingencies and Textual Transformations [Bolsa FCT ref.ª: SFRH/BPD/102536/2014].
  3. Lidia Lanza, As concepções de lei e justiça na Segunda Escolástica ibérica: Os comentários à ‘Suma Teológica’ de Tomás de Aquino e às ‘Sentenças’ de Pedro Lombardo (1500-1650) [Bolsa FCT ref.ª: SFRH/BPD/75934/2011].
  4. Susana Matos Abreu, Form and Meaning in Context: Portuguese Architecture, 1481-1580 [Bolsa FCT ref.ª: SFRH/BPD/84686/2012].

 

Acolhimento de projetos

No âmbito do projeto de cooperação CAPES – FCT processo 323-13 “Scholastica colonialis: a recepção e o desenvolvimento da escolástica barroca na América Latina (Séculos 16-18) e as interfaces com a escolástica ibérica portuguesa”:

  1. Carlos Federico Lauer Garcia (doutorando PUCRS, Porto Alegre), Blaise Pascal e a querela entre jansenistas e jesuítas na escolástica barroca, Dezembro de 2014 a Dezembro de 2015 (bolsa iniciação na investigação).
  2. Émilien Vilas Boas Reis (Escola Superior D. Hélder Câmara, Belo Horizonte – Minas Gerais, Brasil), Fontes filosóficas do pensamento do P.e António Vieira: a questão da origem dos direitos, no âmbito do projeto “Scholastica Colonialis”, de 31 de outubro de 2013 a 28 Fevereiro de 2014 (bolsa pós doc).
  3. Lúcio Álvaro Marques, A Metafísica do ente real: O universo filosófico colonial e a questão do ente no século XVIII, março de 2015 a Fevereiro de 2016 (bolsa pós doc).

 

Projetos concluídos

...

 

© 2017 Autores e Instituto de Filosofia / GFM-M&EMP.
Desenvolvido por