• IF

  • Projects

    navigation

Petrus Hispanus 2016-2019

 

Go back
  • Research Line


    Medieval & Early Modern Philosophy
  • Research Groups


    Aristotelica Portugalensia
    Reason, Politics & Society
  • Edição Crítica e Estudo das Obras Atribuídas a Petrus Hispanus - 1
    Critical Edition and Study of the Works Attributed do Petrus Hispanus - 1

     

    Ref. FCT: PTDC/MHC-FIL/0216/2014

    Investigador Principal: José Meirinhos
    Investigadoras nucleares: Celia López Alcalde e Eleonora Lombardo (Investigadoras Pós doc FCT)
    Unidade de investigação: Instituto de Filosofia da Universidade do Porto (Medieval and Early Modern Philosophy thematic line)
    Entidade de acolhimento e gestão: Faculdade de Letras da Universidade do Porto
    Entidade financiadora: Fundação para a Ciência e a Tecnologia
    Período: 01.05.2016 a 30.04.2019
    Financiamento: 199.402€ 

     

    "Petrus Hispanus" é seguramente o nome mais importante associado à Filosofia durante a Idade Média em Portugal. Contudo, subsistem inúmeras questões quanto à identificação deste autor e à extensão do seu corpus escrito. Autor (ou autores) provavelmente ativo em meados do século XIII, estão-lhe atribuídas obras de Lógica, de Filosofia da natureza, de Psicologia, de Zoologia, de Medicina, de Alquimia, de Mística, e também Sermões. Durante a Idade Média e início da Idade Moderna algumas dessas obras tiveram uma extraordinária influência e difusão. De facto a Petrus Hispanus são atribuídos: o primeiro comentário latino escrito sobre o De anima de Aristóteles, o mais extenso tratado escrito em latim sobre o De anima, a obra de lógica mais copiada e editada de sempre e que entre os séculos XIII e XVII foi o manual usado em boa parte das universidades continentais, o mais popular receituário de medicina que foi usado até ao século XVI, um dos mais extensos comentários à Articella, um conjunto de obras centrais na formação médica universitária, e também um dos primeiros comentários latinos sobre a obra zoológica de Aristóteles. O filósofo e cientista a quem é atribuída toda esta extensa e influente obra é o português Pedro Julião que em 1276 foi eleito Papa, função que ocupou até à sua morte em 1277. Mas, quase tudo está por confirmar quanto a esta atribuição e à unidade ou pluralidade de autores encobertos por este nome Petrus Hispanus.

    corpus textual atribuído inclui mais de 50 obras (com c. de 60 outras erradamente atribuídas). Contudo, devido à sua transmissão manuscrita (que é abundante em algumas obras, escassíssima em outras), este corpus científico e filosófico é um intrincado puzzle que resiste a todas as tentativas de encontrar-lhe um fio condutor. Falta sobretudo um estudo que permita identificar as ideias filosóficas científicas organizadoras e situá-lo num contexto de composição.

    Este projecto centra-se nas obras mesmas, procurando lançar as bases para resolver esses problemas oferecendo novas edições críticas ou acessíveis a uma mais vasto público, valorizando do ponto de vista filosófico e científico a obra extraordinária atribuída a Petrus Hispanus.

    A equipa do projeto tem larga experiência de investigação em Filosofia numa perspetiva interdisciplinar, reunindo competências centrais em Filosofia Medieval, Filologia Latina, História Medieval, informática aplicada à edição de textos medievais.

    Os investigadores pertencem à Linha temática “Filosofia Medieval e do início da Modernidade” do Instituto de Filosofia da Universidade do Porto. O projeto integra jovens investigadores e pretende também atribuir entre 2 a 5 bolsas de investigação (iniciação, doutoramento e post doc) através de concursos internacionais atraindo jovens dotados com as competências que o projeto exige.

    O projeto é assessorado por um grupo de consultores internacionais especializados em Filosofia Medieval, História da Ciência, Edição crítica, Informática aplicada à edição de textos e estudo de manuscritos. Os consultores estabelecerão a ligação entre o projeto e as suas próprias instituições e darão assistência à equipa de investigadores ao longo de todo projeto, e participarão nas diferentes atividades (edição, seminários, colóquios, publicação de estudos).

     

    Objetivos

    Os objetivos e resultados gerais esperados do projeto são os seguintes:

    (1) estudar problemas filosóficos centrais nas obras atribuídas a Pedro Hispano (lógica e método; matéria e forma, percepção e intuição, conhecimento e conteúdo mental;  contemplação mística; retórica e hermenêitica);

    (2) oferecer à comunidade académica edições críticas e edições revistas de um conjunto selecionado de obras: lógica, sobre a alma, sermões, comentários a Dionísio pseudo-Areopagita, prefácios dos comentários médicos.

    (3) criar ferramentas e beneficiar dos novos recursos eletrónicos especializados para a investigação textual e para a compilação bibliográfica das edições das obras de Pedro Hispano;

    (4) desemaranhar a questão da delimitação do corpus textual de Petrus Hispanus, seja ele um só ou vários autores;

    (5) difundir online e em acesso aberto as obras editadas;

    (6) agregar na plataforma online do projeto a colaboração e os estudos realizados por outros académicos e projetos;

    (7) formar novos investigadores, com boa preparação que combine um bom domínio da Filosofia, da filologia latina, do uso de recursos digitais avançados.

    (8) Organizar encontros internacionais para apresentar resultados e discutir ou contextualizar o pensamento de Petrus Hispanus.

     

    Equipa

    • José Meirinhos (PhD, Investigador Principal)
    • Celia López Alcalde (PhD, Investigadora central)
    • Eleonora Lombardo (PhD, Investigadora central)
    • Celeste Pedro (investigadora doutoranda)
    • Francisca Sánchez Navarro (PhD, investigadora)
    • Joana Serrado (PhD, investigadora)
    • João Rebalde (PhD, investigador)
    • José Higuera Rubio (PhD, investigador)
    • Lidia Lanza (PhD, investigadora)
    • Manuel Ramos (PhD, investigador)
    • Mário Correia (Mestre, investigador)
    • Patrícia Calvário (investigadora doutoranda)
    • Paula Oliveira e Silva (PhD, investigadora)
    • Tommaso Piazza (PhD, investigador)
    • Investigador Pós-Doc: a contratar por concurso
    • Bolseiro de investigação: a contratar por concurso

     

    Assessores internacionais

    • Olga Weijers (IRHT, Paris)
    • Jeffrey C. Witt (Loyola University Maryland)
    • Fernando Domínguez Reboiras (Raimundus-Lullus-Institut of the Albert-Ludwigs-University of Freiburg)
    • Andreas Wagner (Akademie der Wissenschaften und Literatur Mainz - Goethe Universität Frankfurt a.M.)
    • Nicole Bériou (IRHT, Paris - Université Lumière Lyon 2, Lyon)

     


    13.04.2016: Abertura de 2 concursos para a contratação de bolseiros:

     

    Bolsa de Investigação em Filosofia Medieval (Projeto "Petrus Hispanus”)

    Para Mestres em Filosofia. 

    Edital pode ser consultado em:

    — http://www.eracareers.pt/opportunities/index.aspx?task=global&jobId=75163&lang=pt

    — https://sigarra.up.pt/spup/pt/noticias_geral.ver_noticia?p_nr=23984

     

    Bolsa de Pós doutoramento em Filosofia Medieval (Projeto "Petrus Hispanus”)

    Para doutorados/as em Filosofia.

    Edital pode ser consultado em:

    — http://www.eracareers.pt/opportunities/index.aspx?task=global&jobId=75164&lang=pt

    — https://sigarra.up.pt/spup/pt/noticias_geral.ver_noticia?p_nr=23985

     

    Envio de candidaturas por email, desde 29/04/2016 até 12/05/2016.

     


    Financiamento

    Fundação para a Ciência e a Tecnologia, com fundos nacionais no âmbito do Projeto 3599 - Promover a Produção Científica, o Desenvolvimento Tecnológico e a Inovação

    Go back

    Activities