• IF

  • Publications

    navigation

A Gnose de Sampaio Bruno

Afonso Rocha, «A Gnose de Sampaio Bruno» 2010

Go back
Publication of Archived Group ROOTS (2010 - 2015), now integrated in:
  • Research Group


    Roots & Horizons
    • Type:

      Theses
    • Author:

      Afonso Rocha
    • Title:

      A Gnose de Sampaio Bruno
    • Year:

      2010

    Summary

    A Gnose de Sampaio Bruno

    Colecção Nova Águia

    Description

    Edição: 2010
    Páginas: 122
    Editora: Zéfiro

    A VISÃO FILOSÓFICA DA GNOSE DE SAMPAIO BRUNO, O MAIS IMPORTANTE MÍSTICO GNÓSTICO PORTUGUÊS DOS TEMPOS MODERNOS

    Autor da concepção gnóstica mais reflectida, mais coerente e mais abrangente sob o ponto de vista filosófico e metafísico-teológico, Sampaio Bruno será nos tempos modernos o mais representativo e importante místico gnóstico português.

    Procurando fundamentar a proposta de uma religião esotérica universal, Sampaio Bruno realiza a ideia de uma «nova concepção» da gnose em detrimento da «velha gnose», que é essencialmente consubstanciada pelo judaísmo místico da cabala (medieval e moderna) e iluminada por uma matricialidade pagã de raiz perso-caldaica.

    UMA OBRA QUE DÁ UM CONTRIBUTO FUNDAMENTAL PARA A IDENTIFICAÇÃO E EXPLICAÇÃO DAS PRINCIPAIS PERSPECTIVAS, MANIFESTAÇÕES E REFERÊNCIAS DA CONCEPÇÃO GNÓSTICA DE SAMPAIO BRUNO


    Afonso Rocha, natural de Penafiel, residente no Porto, licenciado em Teologia pela Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, mestre em Antropologia teológica pela mesma Faculdade e doutor em Filosofia pela Faculdade de Filosofia da Universidade Católica Portuguesa é investigador do Centro de Estudos do Pensamento Português da Universidade Católica Portuguesa. Desenvolvendo a sua actividade de estudo e investigação principalmente nas áreas filosóficas da metafísica, da gnoseologia, da antropologia e da filosofia da religião, tem, entretanto, direccionado a sua actividade sobretudo para o âmbito do Pensamento Português, muito designadamente quanto aos domínios do mal, da gnose e do messianismo. Estendendo-se basicamente pela segunda metade do séc. XIX e primeira do séc. XX, a sua actividade de estudo e investigação tem englobado, por um lado, autores como o padre António Vieira, cardeal Saraiva, Pedro Amorim Viana, Teófilo Braga, Guerra Junqueiro, Sampaio (Bruno), Leonardo Coimbra, Pascoaes, Basílio Teles, Raul Brandão, Fernando Pessoa, José Marinho, Álvaro Ribeiro, Delfim Santos…; por outro lado, tal actividade tem privilegiado sobretudo as figuras de Sampaio (Bruno) e de Fernando Pessoa em relação às problemáticas do mal, do messianismo e da gnose. Autor de vários ensaios publicados em revistas, Actas de Congressos e obras conjuntas, sobressaem na sua obra editada sobretudo «O Mal no pensamento de Sampaio (Bruno): uma filosofia da razão e do mistério» (Lisboa, INCM, 2006), «Natureza, razão e mistério – Para uma leitura comparada de Sampaio (Bruno)» (Lisboa, INCM, 2009) e «O messianismo do ‘Quinto Imperio’ de Fernando Pessoa: uma filosofia da história ou uma filosofia da religião?» (Lisboa, INCM, no prelo).

    Go back

    Activities