• IF

  • Activities

    navigation

A ontologia política de Espinosa

From: 2019-05-14 To:2019-05-14

Go back
  • Thematic Line


    Modern & Contemporary Philosophy
  • Research Group


    Aesthetics, Politics & Knowledge
  • 14 de maio 2019 | 15h30 - 17h30 | Sala de Reuniões 2

    Faculdade de Letras da Universidade do Porto

    ENTRADA LIVRE

    A ontologia política de Espinosa

    Raul Dias Vasques
    (Doutorando FLUP/Instituto de Filosofia)

     

    Na obra filosófica de Espinosa, a sua teoria política insere-se na linhagem de Hobbes e Maquiavel e, à primeira vista, apresenta-se apenas como uma derivação “para a democracia” de dados preceitos e teses destes autores. Todavia, é na maneira como a fundamentação desta teoria política radica no seu trabalho ontológico da Ética que que lhe confere uma especificidade própria.

    Seguindo a interpretação de Diogo Pires Aurélio, busca-se apresentar a originalidade da teorização política de Espinosa como uma derivação da sua ontologia e demonstrar como se opera a interligação entre estes dois domínios no Tratado Teológico-Político e no Tratado Político a partir dos seus conceitos de imaginação, conatus e potência.

    Todavia, em simultâneo, são apresentadas algumas das ambiguidades e dificuldades interpretativas deste posicionamento como motes para o esclarecimento de dois problemas filosóficos: um específico ao caso de Espinosa, nomeadamente o de avaliar o como ler e lidar com a história da sua leitura e interpretação; e outro, mais amplo, acerca de como a ontologia serve de dispositivo conceptual para a justificação e construção de teorias e interpretações políticas em filosofia.

     

    Organização:
    RG Aesthetics, Politics and Knowledge
    Instituto de Filosofia da Universidade do Porto - FIL/00502

    Go back