• IF

  • Activities

    navigation

Filosofia para Crianças e as suas Promessas para o Futuro - Ciclo Filosofia e Políticas Públicas

From: 2010-10-29 To:2010-10-29

Go back
Group MLAG (2010 - 2015) now integrated in:
  • Thematic Line


    Modern & Contemporary Philosophy
  • Research Group


    Mind, Language & Action
  • Ciclo Filosofia e Políticas Públicas

    (AAR, MLAG)

    Filosofia para Crianças e as suas Promessas para o Futuro

    Dina Mendonça

    29 de Outubro | 15h00 | Sala do Departamento de Filosofia (Torre B - Piso 1) | FLUP

    Resumo

    Filosofia para Crianças não foi desenhada para que todos os meninos se tornem filósofos mas para que tenham um espaço para aprender a reflectir em conjunto, para que aprendam os utensílios para a continua construção do pensar bem sobre as coisas e a reconhecer 1) a pergunta como modo de abrir, problematizar e construir saberes; 2) a investigação criativa como modo de pensar nossa realidade individual e social; 3) o debate participativo, aberto e fundamentado como prática de conhecimento; 4) a democracia como forma de respeitar e valorizar nossas diferenças; 5) o trabalho solidário e colaborativo como modo de agir em educação; 6) a resistência crítica frente a toda forma de imposição. A primeira parte da apresentação mostrará pequenos filmes feitos numa infantil que ilustrarão alguns dos momentos da Filosofia para Crianças.

    Na segunda parte irei apontar algumas promessas que a Filosofia para Crianças oferece para que o pensar da população em geral seja um pensar trabalhado e de excelência. Ann Margaret Sharp em "Pedagogical Practice and Philosophy" (Sharp 1987) identifica seis tipos de capacidades que são cultivadas pela filosofia para crianças. i. as capacidades de raciocínio tais como por exemplo a classificação e a identificação de suposições, ii) as capacidades lógicas, tal como por exemplo a identificação de contradições, iii) as capacidades de investigação tal como por exemplo a descrição, a explicação e a identificação e esquematização de problemas e de hipóteses, iv) as capacidades conceptuais tais como a de identificação de o que fica fora ou dentro de um determinado conceito como a justiça ou a verdade, v) as capacidades de tradução tais como a de parafrasear o que outras pessoas dizem, e vi) as capacidades sociais e interpessoais tal como é o de construir uma ideia em grupo (Sharp 1987, 82-83). Elaborando nestas seis capacidades indicarei o modo como as promessas da Filosofia para Crianças se desenham de modo a que se possa pensar seriamente em criar politicas sociais que integrem a metodologia de praticar pensar em todo o percurso escolar.

    Referências:
    Sharp, Ann. "Pedagogical Practice and Philosophy: The Case of Ethical Inquiry" Philosophy Today, Vol. XXXI, Number1/4, Spring 1987, pp.82-88

    AAR - Action, Agency and Rationality
    MLAG - Mind Language and Action Group
    Instituto de Filosofia
    Universidade do Porto

    ____________________________________________
    Instituto de Filosofia
    Faculdade de Letras da Universidade do Porto
    Via Panorâmica s/n
    4150-564 Porto
    Tel.  22 607 71 80  22 607 71 80
    E-mail: ifilosofia@letras.up.pt
    https://ifilosofia.up.pt

    Go back

    Activities