• IF

  • Activities

    navigation

O QUE É QUE AS EXPLICAÇÕES EXPLICAM?

From: 2016-05-05 To:2016-05-05

Go back
  • Thematic Line


    Modern & Contemporary Philosophy
  • Research Group


    Mind, Language & Action
  • MLAG RESEARCH SEMINAR 2015-2016

    O QUE É QUE AS EXPLICAÇÕES EXPLICAM?

    Tommaso Piazza (University of Pavia)

    5 de maio 2016 (quinta-feira)

    15h30 | Sala do Departamento de Filosofia (Torre B - Piso 1)

    Entrada livre

     

    Resumo: Conforme alegam muitos epistemólogos (Williamson, Conee & Feldman, Steup) a ‘evidência’ é o que as hipóteses explicam. A identificação deste papel crucial da evidência normalmente fundamenta a, ou é acompanhada pela, tese explicacionista de que as relações epistémicas são no fundo relações explicativas: justificam a evidência, segundo esta sugestão, as hipóteses que melhor explicam a sua existência. Não vou questionar esta segunda tese; vou explorar as implicações da primeira, segundo a qual a evidência é o que as hipóteses explicam, para a questão da ontologia da evidência. O meu objectivo é argumentar contra a tese psicologista, segundo a qual a evidência é constituída pelos estados mentais do sujeito, e a favor da tese proposicionalista, segundo a qual a evidência é constituída por proposições, investigando a natureza ontológica dos relata da explicação. Em particular, apresento um argumento a favor da tese de que o que as explicações explicam – os seus explananda – são proposições e não eventos (mentais, no caso da evidência). 

     

    Imagem: Mário Cesariny, A Lição. Aguarela sobre papel

     

    Organização:
    Research Group Mind Language and Action Group (MLAG)
    MLAG Seminars 2015-2016 (Sofia Miguens, João Santos, Luís Veríssimo e Brena Fernandez)

    Instituto de Filosofia da Universidade do Porto - FIL/00502
    Financiamento: FCT

    Go back

    Activities